banner agende uma consultaPowered by Rock Convert

 IMPORTANTE 

Solicitamos que o responsável pelas postagens no blog assista à este tutorial (https://is.gd/mTH2XQ). Nele, ensinamos como atualizar o conteúdo no seu blog sem perder a URL e causar conteúdo duplicado. Reforçamos que o texto desta pauta não deve ser postado automaticamente pela plataforma da Rock. Qualquer dúvida, só dizer nos comentários ou pelo chat da plataforma.

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

A alimentação saudável para idosos é algo fundamental para garantir uma terceira idade com qualidade para esses indivíduos. De fato, os cuidados com as refeições são importantes em qualquer fase da vida, mas se tornam ainda mais necessários nessa etapa, na qual o organismo carece de algumas vitaminas e nutrientes essenciais para a saúde. 

Além da carência nutricional, com o avanço da idade o organismo se torna mais lento e, muitas vezes, desequilibrado. Por isso, alguns alimentos precisam ser evitados como aqueles ricos em sódio, que não devem ser consumidos por pessoas com idade avançada. Isso ocorre porque nessa faixa etária, doenças cardíacas e hipertensão são bastante comuns e alguns alimentos contribuem para esse quadro.

Você convive com algum indivíduo que se encontra atualmente na terceira idade? Quer saber um pouco mais sobre nutrição para idosos? Então, você veio ao lugar certo! Acompanhe o post que criamos especialmente sobre o assunto e tire suas principais dúvidas sobre esse tema tão importante. Vamos lá?

Quais são os benefícios de uma alimentação saudável para os idosos?

O envelhecimento é um processo natural da vida, mas que traz algumas consequências. Nessa fase, ocorrem várias alterações fisiológicas no nosso corpo, o metabolismo fica mais lento e ainda há mudanças na função hormonal. 

Por isso é importante adotar uma dieta que leve em consideração o envelhecimento do organismo, incluindo nutrientes que diminuam os sintomas de cansaço e fraqueza, por exemplo, que são comuns em pessoas da terceira idade.

A seguir, veremos quais são os principais benefícios de uma alimentação saudável para idosos, levando em consideração tanto os aspectos físicos da saúde quanto os fatores mentais e emocionais. Confira!

Repor os nutrientes

Com o envelhecimento do organismo, é comum que a absorção de nutrientes e o aproveitamento dessas substâncias seja prejudicada. Além disso, a redução do apetite pode fazer com que muitos idosos fiquem desnutridos, ou seja, tenham uma quantidade insuficiente de nutrientes em seus corpos.

As vitaminas e minerais melhoram a sensação de bem-estar, ao passo que os carboidratos melhoram o funcionamento do intestino. Além disso, com o avanço da idade, é comum a perda de músculos, que é essencial para a sustentação dos ossos. Por isso, é importante incluir proteínas no cardápio do idoso.

Prevenir doenças

Muitas doenças podem ser prevenidas com uma adequada quantidade de nutrientes na corrente sanguínea. Afinal, as células precisam de tais substâncias para funcionar corretamente e, assim, obterem tudo o que precisam para funcionar a todo vapor.

A falta de nutrientes é uma das principais causas de doenças em idosos, já que a deficiência nutricional é responsável direta pelo aparecimento de muitas enfermidades em todas as idades. Por isso, invista sempre em pratos coloridos e com muita variedade!

Promover a saúde geral

Boas taxas de vitaminas e minerais no organismo são fundamentais para garantir a saúde geral do corpo das pessoas. Com os nutrientes adequados, há o devido aporte de substâncias a fim de que as células funcionem da forma correta, sem problemas.

Por isso, investir em uma alimentação saudável é algo fundamental para garantir que todo o organismo funcione em harmonia, já que o desequilíbrio em um dos sistemas pode desencadear problemas para todo o corpo.

Melhorar a qualidade de vida

Por fim, podemos falar que a qualidade de vida de um idoso está diretamente relacionada com a sua alimentação. Quando nos alimentamos bem, fatores como a energia, a disposição e até mesmo a atenção para os detalhes do cotidiano são extremamente favorecidos.

Portanto, para aqueles que buscam uma vida realmente ativa e com muitas experiências mesmo na terceira idade, é especialmente importante que a alimentação saudável seja incentivada e levada muito a sério por todos aqueles que são responsáveis pelo idoso em questão.

Como os alimentos podem prevenir o aparecimento de doenças crônicas?

O consumo de alimentos processados e industrializados contribui para o aparecimento de doenças como hipertensão e outros problemas cardíacos. Isso porque esse tipo de alimento é pobre em nutrientes e rico em sódio, corantes e estabilizantes, que são utilizados para dar cor e conservar o sabor da comida por mais tempo.

Esses ingredientes não são nada benéficos para a saúde do ser humano, principalmente para aqueles que já passaram dos 50 anos. Nessa fase, é importante adotar uma alimentação rica em vitaminas e minerais, pois, como vimos, isso ajuda a manter ossos e os músculos fortes, além de deixar a memória afiada. Alimentos integrais, por exemplo, são fundamentais para a prevenção de doenças crônicas.

Quais são os nutrientes essenciais para a saúde de pessoas na terceira idade?

Quando chegamos à velhice, alguns nutrientes se tornam essenciais para a saúde do organismo. Não sabe quais são os principais? Então, a seguir, vamos listar alguns deles a fim de que você saiba exatamente quais são e onde é possível encontrá-los. Confira!

Zinco

Após os 50 anos de idade, nosso sistema imunológico se torna frágil e, por isso, é fundamental ingerirmos alimentos que contenham zinco, como castanhas, oleaginosas, carnes e arroz integral. Esse nutriente ajuda no fortalecimento do sistema imunológico e ainda desacelera o envelhecimento das células.

Cálcio

Pessoas com mais idade comumente sofrem de osteoporose. Afinal, com o avanço da idade os ossos se desgastam. As mulheres são especialmente atingidas por esse problema graças às flutuações hormonais comuns nessa etapa da vida. Nessa fase, é importante adicionar à dieta alimentos como leite, folhas de coloração verde-escura e quinoa.

Vitamina D

A vitamina D também é essencial para a manutenção da saúde do idoso. Na verdade, para que o cálcio seja absorvido pelo organismo é preciso consumir alimentos ricos nessa vitamina. Caso contrário, o cálcio não será aproveitado pelo nosso corpo.

Fibras

É comum que pessoas mais velhas sofram frequentemente com prisão de ventre. Para diminuir o problema, os idosos devem consumir alimentos ricos em fibras como linhaça, farelo de trigo, de arroz e de aveia. Eles podem ser adicionados à salada de fruta, ao iogurte ou ao mingau, por exemplo.

Potássio

Pessoas idosas sofrem bastante com a perda de potássio — fundamental para diminuir os níveis de sódio — devido ao uso de determinados medicamentos, como os que são usados contra hipertensão. Nesses casos, o idoso precisa incluir em sua dieta alimentos como: banana, soja, damasco, abacate, iogurte, ameixa, melancia, feijões e ervilha, pois são ricos nesse nutriente.

Ômega-3

O consumo de ômega-3 é essencial para pessoas idosas, pois ele age diretamente no cérebro, estimulando a comunicação entre as células nervosas. Então, ele é um aliado importante na prevenção do mal de Alzheimer, Parkinson, depressão, perda de memória e concentração. Esse nutriente é encontrado no salmão, no atum e na sardinha.

Vitaminas do complexo B

As vitaminas do complexo B agem no organismo fortalecendo o sistema imunológico — que vai se fragilizando na medida em que a idade avança. Elas ainda são importantes para manter o cérebro saudável, uma vez que protegem os tecidos nervosos contra a oxidação e agem no aumento da memória, isolando as células nervosas.

Como adquirir hábitos alimentares mais saudáveis?

Uma alimentação saudável sozinha não garante uma vida melhor para os idosos. Eles precisam mudar os outros hábitos diários também. Além de comerem na hora certa, as pessoas mais velhas devem praticar atividades físicas diariamente e controlar o seu peso.

Levar uma vida sem estresse e ser uma pessoa mais leve são aspectos fundamentais para uma melhor qualidade de vida. Além disso, eliminar os vícios e desenvolver a autoestima são outros fatores que garantem longevidade e vitalidade.

Nunca é demais falar que a prática regular de exercícios físicos é indispensável para a complementação de bons hábitos alimentares. Aliar essas duas atitudes é a receita perfeita para a obtenção de uma vida muito mais saudável e repleta de qualidade, com dias incríveis e muitas experiências, que não precisam parar na terceira idade.

Boas ideias de atividades físicas para idosos incluem as caminhadas e a hidroginástica. Além de favorecerem a saúde física, tais práticas são incríveis para a manutenção do equilíbrio mental dos indivíduos, ajudando-os a socializar e a ficarem muito mais felizes.

É preciso fazer acompanhamento com um profissional?

Muitas vezes os idosos sofrem de carência nutricional e, nesses casos, o ideal é procurar ajuda de um profissional como um nutricionista, nutrólogo ou médico ortomolecular. Só eles podem ajudar o idoso a manter uma dieta verdadeiramente rica nos nutrientes necessários para a manutenção de sua saúde.

Caso o idoso goste de fazer atividade física, dependendo da sua idade, é também fundamental o acompanhamento de um educador físico, pois, nessa faixa etária, fica muito mais fácil sofrermos lesões. Ademais, antes de iniciar qualquer exercício físico, ele deve consultar o ortopedista ou o fisioterapeuta para que o profissional avalie se ele pode ou não praticar o que deseja.

Uma alimentação saudável combinada com atividades físicas e uma família presente e amorosa, com certeza, são aspectos que ajudam a acrescentar mais anos de vida — ou mais vida aos anos — ao idoso. Não se esqueça de que pessoas mais velhas ficam carentes e que o carinho dos filhos e netos é essencial para que eles tenham mais qualidade de vida.

Todas as informações foram úteis para você? Então, compartilhe com seus amigos em suas redes sociais para que eles saibam a importância de uma alimentação saudável para idosos e possam, assim, ajudar os membros da terceira idade que fazem parte de suas vidas!