Muitas vezes, os familiares não sabem exatamente como falar com idosos, especialmente quando o assunto se refere a uma doença ou problema de saúde. Para eles, falar sobre esse tipo de situação pode ser um pouco traumático e há o receio de deixar o idoso chateado ou ansioso em excesso.

Por isso, saber exatamente como fazer essa comunicação é essencial. É preciso ter em mente que omitir informações sobre a saúde de seu ente querido, por mais que a intenção seja a melhor, não é recomendado. Os idosos precisam, independentemente de qualquer coisa, manter sua autonomia e individualidade, além do poder de decisão sobre o próprio corpo.

Pensando nisso, preparamos um artigo com dicas importantes para facilitar essa etapa. Assim, fica muito mais fácil compreender as melhores maneiras de comunicar-se com os idosos e ajudá-los a superar as dificuldades de uma eventual doença. Boa leitura!

Seja muito transparente

A transparência é um fator fundamental na hora da comunicação. Ser honesto é muito importante para passar credibilidade e mostrar que você não está omitindo nenhuma informação crucial. A desconfiança pode gerar uma certa insegurança e ansiedade, já que o paciente não saberá exatamente o que está acontecendo com ele.

Além disso, busque ser prático e objetivo, sem fazer rodeios. Essa demora para dar a notícia também pode gerar ansiedade e nervosismo. Por isso, vá direto ao ponto e passe para o próximo passo.

Demonstre todo o seu apoio

Após explicar o que está acontecendo da forma mais clara possível, é hora de mostrar todo o seu apoio para o idoso. Demonstre para ele que você estará sempre presente, não importa o que aconteça, e que o auxiliará no que for necessário para que ele melhore o quanto antes e tenha uma boa qualidade de vida.

Sentir-se amparado é essencial para garantir o sucesso de qualquer tratamento, independe de qual for. Com isso, o paciente sente-se mais seguro e demonstra muito mais força de vontade para melhorar e seguir todas as recomendações médicas. 

Passe todas as informações sobre o tratamento

Por fim, é muito importante que o idoso saiba o que vem pela frente e o que vocês enfrentarão juntos. Por isso, pesquise sobre o tratamento para que você saiba informá-lo sobre os procedimentos que se seguirão.

Se necessário, marque uma consulta para que o próprio médico passe as informações para o idoso. No entanto, é muito importante que você também compreenda o que está por vir, para que possa informar com suas palavras. Isso ajuda a confortar o paciente, que percebe o interesse de seus familiares e passa a confiar mais no sucesso dos procedimentos.

Viu só, saber como falar com idosos sobre eventuais problemas de saúde é a chave para que a tarefa seja mais simples e menos traumática. Lembre-se de que a participação do paciente é fundamental para o sucesso dos tratamentos e que, por isso, eles devem ter consciência do que ocorre com a própria saúde. Portanto, nada de esconder! Fale abertamente com o seu ente querido e demonstre todo o seu apoio nesse período difícil.

Ficou com alguma dúvida? Então, é só entrar em contato com a gente! Nossa equipe está à disposição para auxiliá-lo com eventuais questões e ajudá-lo nos processos que envolvem a saúde de pessoas na terceira idade. Aguardamos você!