banner agende uma consultaPowered by Rock Convert

As festas de fim de ano representam o período que as pessoas esperam com alegria, o encontro com os familiares, bem como as preparações da ceia. Contudo, é preciso ter muita atenção ao fazer a inclusão do idoso nesses eventos, para que não seja gerado momentos de estresse e mudanças na rotina que podem afetar a sua saúde.

Sendo assim, preparamos um post especial com as principais dicas para incluir os familiares mais velhos nesse clima comemorativo e fazer com que essas festividades sejam muito mais agradáveis e seguras para eles. Quer saber quais são? Então, continue a leitura e confira!

Como fazer a inclusão do idoso nas festividades do final de ano

1. Aproveite o tempo com o idoso

Um dos sentimentos que os idosos tendem a sentir, principalmente nessa época, é o abandono e a saudade dos entes queridos já falecidos. Sendo assim, aproveite o clima de comemoração e passe um tempo de qualidade com eles. Converse, relembre as histórias que marcaram os anos anteriores com alegria e fale sobre seus planos para o futuro. Assim, ele se sentirá bem acolhido e conseguirá aproveitar a festa de uma maneira muito mais feliz.

2. Escolha um cardápio adequado

Ter uma alimentação saudável e equilibrada é um dos fatores que mais contribuem para a prevenção de diversos problemas de saúde na terceira idade. Assim, é fundamental que o idoso também a mantenha nas festas de fim de ano. Portanto, quando for escolher o cardápio da ceia, dê preferência aos alimentos frescos e de alto valor nutricional.

Algumas fontes de proteínas e nutrientes são muito interessantes para a dieta dessas pessoas, como: frutas, castanhas, carnes brancas assadas, frango e o tradicional peru. Além disso, é importante evitar os doces e os pratos mais gordurosos — que são comuns nessa época do ano  pois podem causar desconfortos digestivos e comprometer a saúde de modo geral.

3. Evite o consumo de álcool

Por mais que alguns idosos gostem de saborear bebidas alcoólicas socialmente, é muito importante que esse consumo seja limitado ou até mesmo inexistente, principalmente por quem sofre de doenças crônicas  como diabetes e pressão alta. Além disso, o álcool é depressivo e pode provocar um efeito desagradável a eles.

4. Envolva-o nas atividades

Uma excelente forma de fazer a inclusão do idoso nas festas de fim de ano é mostrar que suas habilidades na cozinha ou na decoração da casa são essenciais, bem como solicitar a sua ajuda constantemente. Se ele não puder contribuir devido a alguma condição física, peça conselhos e instruções.

5. Respeite a sua rotina

Nesse fim de ano, procure organizar atividades que não fujam à rotina do familiar idoso. É muito importante que ele possa descansar quando necessário, para que esteja pronto, participe efetivamente das comemorações, durma bem e não associe a data a um período de estresse.

Além disso, se a ceia for ser servida mais tarde e  com horário diferenciado do que ele está habituado a jantar, é recomendado fazer um lanche nesse meio tempo, principalmente se precisar tomar medicamentos à noite.

6. Preste atenção ao seu comportamento

Os idosos que necessitam de mais cuidado  como os portadores da doença de Alzheimer  devem ser observados com bastante atenção nesse período de comemorações.

Afinal, muitas vezes, a bagunça da festa nem sempre é entendida por ele, que pode ficar atordoado e até sofrer no meio dessa situação. Então, se sentir que o idoso está desconfortável, agitado e agoniado, tente compreender os motivos. Incentive-o a participar com todos, pois o comportamento pode ser devido à sensação de exclusão. Mas caso perceba que está realmente no limite dele, permita seu descanso no conforto da casa. 

Essas são as principais dicas para fazer uma boa inclusão do idoso nas festas de fim de ano da família. No entanto, é importante lembrar que ele deverá consultar um médico para a realização de exames e a prescrição de uma dieta adequada para esse período. Assim, ele pode comemorar essa data tão especial sem maiores problemas de saúde!

E aí, gostou de saber como fazer a inclusão do idoso no Natal e no Réveillon? Quer saber como cuidar da saúde do seu familiar por meio de uma clínica especializada no envelhecimento? Então, entre em contato conosco para que possamos ajudá-lo!